Publicidade

Estado de Minas

2 milhões de veículos devem deixar SP nesta sexta-feira em razão do feriado


postado em 27/04/2018 12:48

São Paulo, 27 - O feriado do Dia do Trabalho será na terça-feira, 1º, no entanto, muitas pessoas vão emendar o fim de semana e já viajar nesta sexta-feira, 27. Cerca de 2 milhões de veículos devem deixar a cidade a partir desta sexta.

Segundo a Autoban, o movimento será mais intenso nas rodovias Anhanguera e Bandeirantes a partir das 14 horas desta sexta-feira. A concessionária estima que 830 mil veículos utilizem as rodovias neste feriado.

Entre 190 e 230 mil veículos devem deixar São Paulo pelo sistema Anchieta-Imigrantes durante o feriado, de acordo com a Ecovias.

O trânsito de manhã estava bastante lento na capital paulista. O motorista enfrentou lentidão principalmente na via expressa da Marginal do Tietê, no sentido da Castelo Branco, entre a rodovia dos Bandeirantes e a rodovia Castelo Branco. O motivo foi o excesso de veículos.

Por volta das 8h30, motoristas informaram a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) que um cachorro de porte médio foi abandonado na pista central da Marginal do Tietê, no sentido da Castelo, em frente ao Anhembi, na altura da ponte da Casa Verde. Além do risco de acidente, população precisa ser orientada sobre a posse responsável.

Um acidente entre carro e moto na Avenida Doutor Assis Ribeiro, na altura do número 5.800, no Cangaíba, na zona leste da cidade, deixou uma pessoa ferida na manhã desta sexta-feira. O Corpo de Bombeiros informa que a vítima foi encaminhada ao Hospital Mário Covas.

Feriado

A CET informa que na segunda-feira, 30, e na terça-feira, 1º, o rodízio municipal de veículos estará suspenso, inclusive de veículos pesados, em razão do feriado prolongado do Dia do Trabalho.

A restrição volta a funcionar a partir das 7 horas da manhã de quarta-feira, 2. Para mais informações, ligue para 1188.

Trem

A Linha 13- Jade (Engenheiro Goulart-Aeroporto-Guarulhos) da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) terá a operação assistida ampliada para todos os dias da semana, entre as 10 horas e 15 horas, a partir da próxima segunda-feira.

Desde a inauguração, em 31 de março, os trens estão circulando somente aos sábados e domingos, neste mesmo horário.

A companhia deverá finalizar em maio todos os testes e fazer os ajustes necessários para o início da operação comercial, prevista para junho, quando os trens circularão das 4 horas da manhã à meia-noite e haverá cobrança de tarifa.

(Renata Okumura)

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade