Publicidade

Estado de Minas

PM prende por tráfico padrasto de menino achado morto em freezer


postado em 21/04/2018 16:06

São Paulo, 21 - A Polícia Militar prendeu na madrugada deste sábado, 21, por tráfico de drogas, o tanzaniano Mzee Shabani, de 29 anos, padrasto do garoto Ezra, de 5 anos, morto a facadas pela própria mãe e encontrado dentro do freezer no apartamento da família em setembro de 2015.

Segundo a polícia, Shabani foi preso com 60 porções de cocaína escondidas na cueca no Largo do Arouche, centro de São Paulo. Na mesma ação, outro homem também foi detido por tráfico e um terceiro foi indiciado por porte de drogas e liberado em seguida. O caso foi registrado no 2º Distrito Policial (Brás).

A mãe de Ezra, Lee Ann Fink, confessou em depoimento à Polícia Federal em março de 2016 ter matado o filho sozinha com golpes de faca em seu apartamento na República, região central. Já Shabani disse que havia levado as duas filhas do casal à escola e, ao retornar ao apartamento, teria encontrado o menino morto. Ele foi indiciado por ocultação de cadáver.

Um dia depois de a polícia encontrar o corpo de Ezra no freezer, por meio da denúncia de um primo de Shabani, imagens das câmeras de segurança do Aeroporto de Cumbica, em Guarulhos, registraram o casal e suas duas filhas embarcando para a Tanzânia. A Justiça de São Paulo decretou a prisão preventiva de Lee e Shabani e eles foram considerados foragidos. Ambos foram presos pela Interpol no país africano em novembro de 2015 e trazidos ao Brasil em março de 2016. Shabani estava em liberdade provisória.

(Fabio Leite)

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade