Publicidade

Estado de Minas

Líder comunitário que trabalhava com vereador ouvido no caso Marielle é assassinado no Rio

Carlos Alexandre colaborava com Marcello Siciliano, do PHS. Uma das suspeitas é o envolvimento da vítima com uma milícia


postado em 09/04/2018 10:24

(foto: Reprodução/Facebook)
(foto: Reprodução/Facebook)

O corpo do líder comunitário Carlos Alexandre Pereira Maria, de 37 anos, foi encontrado em Taquara, Zona Oeste do Rio. Estava dentro de um carro e foi atingido por dois tiros.

Carlos Alexandre trabalhava com o vereador Marcello Siciliano (PHS), que havia sido ouvido no inquérito que apura as mortes da vereadora Marielle Franco (PSOL) e do motorista Anderson Gomes na semana passada.

Uma das linhas de investigação é sobre o envolvimento de Alexandre com uma milícia. A informação é do jornal O Globo.

Aguarde atualização

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade