Publicidade

Estado de Minas

Câmeras de segurança mostram o momento em que DJ é assassinado

Vítima chegou a empurrar o braço do suspeito, que conseguir fazer dois disparos


postado em 04/07/2017 17:15 / atualizado em 04/07/2017 17:25

(foto: Reprodução/Facebook )
(foto: Reprodução/Facebook )

Imagens de câmeras de segurança instaladas no Conic flagraram o assassinato do DJ Yago Sik, 23 anos, na manhã do último domingo (2/7). Os vídeos mostram que o suspeito ficou aguardando a vítima do lado de fora da festa que ocorria no local e chegou a conversar com algumas pessoas.

Em determinado momento, o suspeito se aproxima e aponta a arma. Ele ainda tem o braço empurrado pelo próprio Yago, mas consegue realizar dois disparos. Depois, foge correndo. Os tiros também fazem com que as pessoas perto da cena corram com medo. Veja abaixo:


Segundo a Polícia Civil, o suspeito foi identificado, e a Justiça acatou o pedido de prisão preventiva (por tempo indeterminado) do acusado. Porém, até o começo desta terça-feira (4/7), o assassino ainda era procurado.

Na saída de uma festa

O crime ocorreu entre as 5h e as 6h do último domingo e é investigado pela 5ª Delegacia de Polícia (Área Central). Testemunhas afirmam que o assassino teria agredido a namorada dentro de uma festa no Conic, e Yago teria defendido a moça.
 
A família de Yago é de São Luis (MA), e o corpo do jovem está na terra natal. O enterro será nesta terça-feira (3/7). A prima Nadja Villela contou que o jovem nasceu em São Luis e veio para Brasília morar com o pai a fim de realizar o sonho de ser DJ. "Era muito tranquilo, vivia com os amigos. Um menino lindo, que gostava muito de namorar, de festa, coisa que os meninos na idade dele gostam de fazer. Nunca imaginamos uma tragédia dessas com uma criança tão bem cuidada pela família", contou.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade