Publicidade

Estado de Minas

Vaquinha arrecada dinheiro para remover a palavra 'ladrão' tatuada em rosto de jovem

Segundo os organizadores da campanha, o recurso arrecadado também deve ser usado para ajudar nos custos do processo judicial contra o homem acusado de tortura


postado em 11/06/2017 13:59 / atualizado em 11/06/2017 14:52

(foto: Facebook/ reprodução)
(foto: Facebook/ reprodução)

Uma 'vaquinha' online arrecada dinheiro para realizar o procedimento de remoção da tatuagem com a frase 'Eu sou ladrão e vacilão', feita na testa de um adolescente como forma de punição por um suposto furto na cidade de São Bernardo do Campo, em São Paulo. O tatuador e um amigo que filmou o momento em que a frase foi gravada na pele do jovem foram presos na madrugada de sábado sob a acusação de tortura.

O objetivo inicial da campanha era arrecadar R$ 15 mil. No entanto, o valor foi ultrapassado ainda na tarde deste domingo e já chegava a mais de R$ 18 mil pouco antes das 15h. De acordo com o coletivo Afroguerrilha, responsável por organizar a arrecadação do recurso, o dinheiro doado será utilizado para pagar a remoção da tatuagem e ajudar nos custos do processo judicial contra o homem acusado de tortura. Além disso, o valor também será usado para custear o tratamento psicológico do rapaz, que, segundo a família, é dependente químico.

O adolescente de 17 anos foi localizado por amigos no fim da tarde de sábado. Ele prestou depoimento à polícia e negou que tenha tentado roubar uma bicicleta, como alega o acusado de tatuá-lo. Segundo a família, o jovem foi medicado e está na casa da avó.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade