Publicidade

Estado de Minas

Executiva da Coca-Cola morre em hotel em Salvador

De acordo com o Samu, estrangeira que acompanhava a Copa sofreu morte natural em seu quarto


postado em 16/06/2014 17:49 / atualizado em 16/06/2014 18:09

Shelley De Villiers (esquerda) em foto durante jogo da Copa do Mundo assistido nas ruas de Salvador(foto: Reprodução/Facebook)
Shelley De Villiers (esquerda) em foto durante jogo da Copa do Mundo assistido nas ruas de Salvador (foto: Reprodução/Facebook)

A vice-presidente de Marketing da Coca-Cola no Japão, Shelley De Villiers, de 42 anos, morreu, na manhã desta segunda-feira, 16, no quarto no qual estava hospedada, sem acompanhantes, no Hotel Golden Tulip, no bairro do Rio Vermelho, em Salvador. Ela estava na cidade para acompanhar jogos da Copa do Mundo nesta semana e foi encontrada já sem vida por um funcionário do estabelecimento, na manhã de desta segunda-feira.

De acordo com informações da Delegacia de Proteção ao Turista (Deltur), que acompanha o caso, os médicos do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) que tentaram prestar os primeiros socorros a Shelley diagnosticaram morte natural. A primeira suspeita deles foi que ela tivesse sofrido um acidente vascular cerebral. Mais tarde, a Coca-Cola Brasil emitiu uma nota na qual informou que a vítima sofreu uma parada cardíaca.

Nascida em Johannesburgo, na África do Sul, Shelley trabalhava para a Coca-Cola desde 2003. Ela havia chegado a Salvador no fim de semana e, na noite de ontem, postou fotografias do Pelourinho em sua página do Facebook.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade