Publicidade

Estado de Minas

Governador do Rio diz que estado está preparado para garantir segurança da Copa

Pezão disse que quer reforço na segurança não só pra Copa, mas também para depois. Melhoras começam com reajustes salariais


postado em 26/05/2014 15:03 / atualizado em 26/05/2014 15:39

Policiais fizeram protesto no domingo por assassinatos em série de colegas de profissão neste ano de 2014(foto: Tomaz Silva/Agência Brasil)
Policiais fizeram protesto no domingo por assassinatos em série de colegas de profissão neste ano de 2014 (foto: Tomaz Silva/Agência Brasil)

O governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão, disse nesta segunda-feira (26) que os recentes ataques a policiais das unidades de Polícia Pacificadora (UPP) preocupam. Ele garantiu, no entanto, que o estado está preparado para garantir a segurança da Copa do Mundo, competição que terá sete jogos disputados na cidade do Rio.

“Tudo preocupa, mas estamos fazendo um grande reforço na segurança pública. A gente sempre fez grandes eventos com tranquilidade e paz. Temos mais de 20 mil policiais reforçando para a Copa do Mundo. Mas a gente não quer segurança pública só para a Copa, a gente quer para sempre e para todas as comunidades”, disse o governador.

Em entrevista durante seminário sobre turismo, na zona sul da cidade do Rio de Janeiro, Pezão disse ainda que está analisando reajustes salariais para diversas categorias de servidores estaduais. “Ainda tenho muito para discutir [com o secretariado] até meados de junho, quando pretendo mandar algumas mensagens [de reajuste] à Assembleia Legislativa. Tem diversas categorias que eu quero mandar reajustes, que têm pleitos justos. Uma delas é a Polícia Civil, como é toda a área de segurança”, disse Pezão.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade