Publicidade

Estado de Minas

Para diretor do IPEA, erro em pesquisa sobre estupro foi fatalidade

Daniel Cerqueira rebateu críticas de parlamentares sobre o equívoco da pesquisa


postado em 16/04/2014 13:33

Em audiência pública, ontem, no Senado, o diretor de Estudos e Políticas do Estado, das Instituições e da Democracia do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), Daniel Cerqueira, rebateu críticas de parlamentares sobre o equívoco da pesquisa de percepção do brasileiro a respeito da violência sexual.

O estudo havia informado que 65% dos entrevistados concordavam total ou parcialmente com a frase %u201CMulheres que usam roupas que mostram o corpo merecem ser atacadas%u201D. Duas semanas depois, o percentual foi corrigido para 26%. Cerqueira disse que o erro foi uma fatalidade %u2014 %u201Caté os aviões caem%u201D, justificou %u2014 e lamentou que Rafael Osório, pesquisador que coordenou o estudo, tenha pedido demissão.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade