Publicidade

Estado de Minas

Abraji condena prisão de repórter durante cobertura de reintegração de posse


postado em 11/04/2014 12:44

A Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji) emitiu nesta sexta-feira uma nota em que condena a prisão do jornalista Bruno Amorim, do jornal O Globo. Bruno cobria a reintegração de posse do prédio da OI, no Engenho Novo, no Rio de Janeiro.

O jornalista registrava imagens da ação da PM no terreno que ficou conhecido como Favela da Telerj quando foi imobilizado com uma chave de braço e teve os óculos arrancados por um policial sem identificação. Levado a uma delegacia, ele teve o celular apreendido por mais de uma hora. O repórter foi acusado pela Polícia Militar de estar jogando pedras e incitando a violência.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade