Publicidade

Estado de Minas

Diretor da Mangueira diz que carro não atrapalhou


postado em 03/03/2014 03:07

Rio, 03 - O diretor de alegoria da Mangueira, Renato Martino, afirmou que o problema envolvendo o carro alegórico da escola, que bateu em uma torre onde ficam fotógrafos e cinegrafistas, ocorreu porque o mecanismo que controla a altura demorou para descer. "A escola veio bela, isso não atrapalhou".

Após um carro alegórico ter ficado preso na torre de TV, o clima na dispersão da Mangueira era de tristeza e revolta. O mesmo problema aconteceu no desfile do no passado. "A torre não diminuiu de um ano para o outro, erraram outra vez", disse uma mulher para a filha, que participaram do desfile.

Ao lado dela, outra componente da escola chorou ao ver a cena. "Não acredito que aconteceu outra vez", disse.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade