Publicidade

Estado de Minas

Rojão não foi disparado pela polícia, diz corporação


postado em 07/02/2014 19:49

Rio, 07 - O artefato que feriu o cinegrafista Santiago Andrade não foi lançado por policiais, de acordo com o que concluiu nesta sexta-feira, 7, a Polícia Civil do Rio. Trata-se de um rojão de vara, que não é usado pelos policiais. "Os artefatos usados pela polícia podem até causar ferimentos, se usados de forma inadequada. Mas não produzem nem luz nem calor semelhantes ao do rojão que explodiu ontem (nesta quinta-feira, 6)", afirmou o inspetor de polícia Elington Cacella, técnico em explosivos e integrante do Esquadrão Antibombas da Polícia Civil do Rio.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade