Publicidade

Estado de Minas

Seis ônibus são incendiados durante protesto em São Paulo

Alagamentos na Zona Sul de São Paulo provocaram a revolta dos moradores


postado em 24/01/2014 13:01 / atualizado em 24/01/2014 13:07

Seis ônibus foram queimados durante protesto de moradores(foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)
Seis ônibus foram queimados durante protesto de moradores (foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Os alagamentos provocados pela chuva na capital geraram protestos em vários pontos da região do Campo Limpo, na zona sul, e também em Itaquera, na zona leste, durante a noite desta quinta-feira. Moradores depredaram e colocaram fogo em seis ônibus, informou a São Paulo Transportes (SPTrans). Não houve feridos e ninguém foi detido.

Nas proximidades do Córrego Pirajussara, que transbordou ontem pelo segundo dia consecutivo, quatro ônibus da Viação Campo Belo foram alvos da revolta. De acordo com a SPTrans, os veículos foram incendiados nas Ruas Padre Domingos Cunha, Garcia Orta, Estrada Pirajussara e na Barcos Rabelo.

Na região de Itaquera, zona leste, o protesto contra as enchentes, que também atingiram a região terminou com mais dois coletivos do Grupo VIP incendiados. As ocorrências foram na Rua Itajuíbe, no jardim Camargo Novo.

Segundo o Centro de Gerenciamento de Emergências, ontem, quase toda a cidade permaneceu em estado de atenção durante a chuva. Na zona sul, a principal área afetada, os córregos da região de Cidade Ademar, Campo Limpo e M'Boi chegaram a transbordar.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade