Publicidade

Estado de Minas

Cabral confirma entrega de bondes de Santa Teresa em 2014

Os bondes foram retirados de circulação desde um grave acidente em 2011, que matou seis pessoas e feriu mais de 50


postado em 03/12/2012 17:04 / atualizado em 03/12/2012 18:17

(foto: Divulgação/ Prefeitura RJ)
(foto: Divulgação/ Prefeitura RJ)


O governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, disse nesta segunda-feira que os tradicionais bondinhos de Santa Teresa, na capital fluminense, voltam às ladeiras do bairro em 2014. Desde um grave acidente em 2011, que matou seis pessoas e feriu mais de 50, os bondes foram retirados de circulação para reforma do sistema de transporte.

“O bonde de Santa Teresa, que entregaremos em 2014, é um novo transporte, que não é de massa, mas que será de alta qualidade, confortável e eficiente e se integrará ao VLT (veículo leve sob trilhos) da prefeitura e a outros modais”, afirmou o governador.

O secretário estadual de Transportes, Julio Lopes, esclareceu que serão devolvidos 14 bondes, o sistema elétrico, além de trilhos reformados. Ele não antecipou quem administrará o sistema, que sempre foi subsidiado pelo governo. Até acidente, as passagens custavam R$ 0,60 para os passageiros sentados e era de graça para os que viajavam em pé.

“Isso aí vai ser visto oportunamente”, declarou Julio Lopes. “Em princípio, o governo recupera o sistema integralmente e, depois, deverá discutir com a prefeitura o processo de municipalização ou de concessão”, informou, sem dar mais detalhes sobre a volta dos bondinhos.

Em abril deste ano, atendendo pedido dos moradores, o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) concedeu o tombamento provisório ao Sistema de Bondes de Santa Teresa, por sua importância histórica e paisagística. No entanto, não especificou o modelo de trilho ou de bondes, para possibilitar atualizações de segurança nos equipamentos.


Publicidade