Publicidade

Estado de Minas

Estudantes mantêm ocupação na USP

Alunos protestam pela desocupação da Polícia Militar do campus


postado em 02/11/2011 08:14 / atualizado em 02/11/2011 11:24

Estudantes da USP continuam ocupando a reitoria e a administração da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) na manhã desta quarta-feira.

Do lado de fora dos prédios, cerca de 15 pessoas encapuzadas reafirmaram as reivindicações dos ocupantes e alegaram que devem desocupar a universidade ainda hoje.

Os alunos da USP querem a desocupação da Polícia Militar do campus da Universidade de São Paulo e a revogação de quaisquer processos administrativos contra professores e funcionários. A reitoria da universidade ainda não se manifestou sobre a ocupação.

No começo da madrugada desta terça-feira, cerca de 100 pessoas invadiram o prédio da reitoria da USP. Elas deixaram uma assembleia de estudantes na FFLCH, que depois de cinco horas decidiu, por 559 votos contra 458, pelo fim da ocupação do edifício da diretoria das faculdades, iniciada na madrugada da última sexta-feira, 28. Com os rostos cobertos com camisas, quebraram um portão localizado na parte de trás do edifício da administração central. Não havia guardas universitários ou policiais por perto.


Publicidade