Publicidade

Estado de Minas

Trabalhadores mantêm greve dos Correios


postado em 27/09/2011 20:14

A greve dos empregados dos Correios continua. Durante toda a tarde desta terça-feira, a direção da estatal e o comando da Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas de Correios, Telégrafos e Similares (Fentect) estiveram reunidos, mas não chegaram a um consenso para pôr fim ao movimento, que começou no último dia 14. Nesta quarta-feira, os Correios e a Fentect vão ter outra reunião.

Segundo a empresa, durante a reunião foram feitos diversos exercícios financeiros a partir da proposta apresentada pela estatal, que inclui reajuste salarial e benefícios de 6,87%, além de aumento real de R$ 50 e abono de R$ 800. Em nota, os Correios reafirmam o compromisso com o diálogo e a transparência nas negociações.

De acordo com Saul da Cruz, do comando de negociações da Fentect, a principal divergência é sobre o desconto dos dias não trabalhados. “Não aceitamos o desconto, porque a greve é um direito legítimo dos trabalhadores.” Segundo ele, empregados da estatal em vários estados já estão ganhando na Justiça o direito de não ter os dias de greve descontados do salário. A entidade, acrescentou, poderá pedir a intervenção da Procuradoria do Trabalho para resolver o impasse.


Publicidade