UAI
Publicidade

Estado de Minas UCRÂNIA

Tomada pela Rússia, usina de Chernobyl tem aumento nos níveis de radiação

Ministério do Interior está monitorando situação; usina está desativada desde explosão em 86


25/02/2022 15:56

Chernobyl
A agência nuclear e o Ministério do Interior da Ucrânia afirmaram, nesta sexta-feira (25/2), que foi registrado um aumento nos níveis de radiação do local da extinta usina nuclear de Chernobyl (foto: SERGEI SUPINSKY / AFP))

A agência nuclear e o Ministério do Interior da Ucrânia afirmaram, nesta sexta-feira (25/2), que foi registrado um aumento nos níveis de radiação do local da extinta usina nuclear de Chernobyl, tomada pelos russos na quinta (24).

Os níveis exatos de radiação não foram fornecidos, mas de acordo com a agência nuclear, a alteração se deve ao movimento de equipamentos militares pesados na área, que pode levantar poeira radioativa no ar. À imprensa, o Ministério do Interior da Ucrânia informou que o aumento "não é crítico para Kiev por enquanto", mas que está monitorando.
"Houve um aumento nos indicadores acima dos níveis de controle às 03h20 (22h20 de quinta-feira no horário de Brasília)", informou o vice-diretor do departamento ucraniano para questões de segurança em instalações nucleares, Alexander Grigorach, à AFP.

Já em comunicado nesta sexta, o Ministério da Defesa da Rússia alegou que seus paraquedistas assumiram o controle do território ao redor de Chernobyl, mas estavam trabalhando junto a guardas ucranianos para garantir a segurança das instalações.

A região da usina desativada de Chernobyl, no norte da Ucrânia, guarda lixo nuclear desde o acidente catastrófico que causou a explosão de um reator em 1986 e ocasionou a morte direta de, ao menos, 31 pessoas.

*Estagiária sob supervisão de Lorena Pacheco


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade