UAI
Publicidade

Estado de Minas POR ENGANO

Mãe leva brownie de maconha de filho para encontro e idosos passam mal

Depois de comerem, os idosos começaram a se sentir estranhos e pensaram que tinham sido envenenados


18/01/2022 13:23 - atualizado 18/01/2022 13:27

Filho de Irene, Michael Koranda, de 46 anos, foi preso
Como no estado o uso da substância não é permitido, o filho de Irene, Michael Koranda, de 46 anos, foi preso (foto: Ben Hommer County Sheriffs Office )

Uma idosa, de 73 anos, levou um brownie de maconha, por engano, para um encontro com amigas em um centro de idosos para um jogo de cartas e o caso acabou na polícia, nos Estados Unidos. Irene Koranda pensou que fosse um bolo comum feito pelo filho e levou o quitute para o encontro. Depois de comerem, os idosos começaram a se sentir estranhos e pensaram que tinham sido envenenados. 
De acordo com o Daily Mail, a polícia foi chamada e constatou que o brownie estava recheado de maconha e o que os idosos estavam sentindo era o efeito da droga. Como no estado o uso da substância não é permitido, o filho de Irene, Michael Koranda, de 46 anos, foi preso. 

Ele confessou ter comprado 450 gramas de maconha no Colorado, onde o uso recreativo da droga é permitido. Ele foi preso em 5 de janeiro, um dia depois de os idosos comerem o bolo "batizado" e solto em seguida após pagamento de fiança. 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade