UAI
Publicidade

Estado de Minas FRANKFURT

Iraquiano do EI condenado à prisão perpétua na Alemanha por genocídio dos yazidis


30/11/2021 07:57 - atualizado 30/11/2021 08:02

Um integrante iraquiano do grupo extremista Estado Islâmico (EI) foi condenado nesta terça-feira (30) à prisão perpétua por "genocídio" contra a minoria yazidi por um tribunal da Alemanha, a primeira sentença do tipo no mundo.

Os juízes do Tribunal de Frankfurt consideraram Taha al Jumailly "culpado de genocídio, crime contra a humanidade que provocou mortes".

Esta é a primeira vez no mundo que um tribunal julga como "genocídio a violência sofrida pelos yazidis, embora os investigadores da ONU já utilizassem o termo.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade