UAI
Publicidade

Estado de Minas HAIA

Chanceler holandesa anuncia demissão após retirada caótica do Afeganistão


16/09/2021 16:29 - atualizado 16/09/2021 16:31

A ministra holandesa das Relações Exteriores, Sigrid Kaag, anunciou sua demissão nesta quinta-feira (16) depois que os deputados criticaram sua gestão da retirada do Afeganistão.

Os parlamentares aprovaram uma moção na qual o governo era criticado por ter fracassado em retirar alguns afegãos e por não ter visto sinais de que os talibãs conquistariam o país rapidamente.

"A Câmara considera que o governo agiu de forma irresponsável (...) Só posso aceitar as consequências desta sentença como ministra responsável em última instância", disse em uma declaração no Parlamento.

"Na minha forma de entender a democracia e segundo a nossa tradição de governo, um ministro deve partir se sua política é denunciada. Portanto, apresentarei à sua majestade [o rei Guilherme Alexandre] minha demissão como ministra das Relações Exteriores", acrescentou.

Kaag disse que continuaria sendo a líder do partido de centro-esquerda D66, que está negociando uma coalizão com o premier, Mark Rutte, após ficar em segundo lugar em assentos nas eleições de março.

Sua demissão ocorre um dia depois da destituição do ministro britânico das Relações Exteriores, Dominic Raab, também pela gestão da crise afegã.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade