Publicidade

Estado de Minas TRAGÉDIA NA COLÔMBIA

Mulher morre ao pular de bungee jump sem todos os equipamentos

Jovem teria se confundido ao ouvir ordem para saltar e pulou sem todos os equipamentos. Prefeito diz que empresas não têm autorização para a prática no local


22/07/2021 11:34 - atualizado 23/07/2021 07:26

Vídeo que circula na internet mostra o momento em que a jovem salta sem os elásticos(foto: Reprodução da internet/Twitter)
Vídeo que circula na internet mostra o momento em que a jovem salta sem os elásticos (foto: Reprodução da internet/Twitter)
Uma advogada de 25 anos morreu depois de um acidente durante um salto de bungee jump nesse fim de semana na Colômbia. Ela teria se confundido e pulado sem os equipamentos. Segundo a imprensa local, a empresa responsável pelo salto não tinha autorização para realizar a prática na localidade. 

De acordo com o portal El Tiempo, Yecenia Morales e o namorado contrataram a empresa para saltar de um viaduto entre as cidades de Amagá e Fredonia, no departamento de Antioquia, na tarde de domingo (18/7).

A informação é de que havia 100 pessoas programadas para saltar da passagem, que tem cerca de 50 metros de altura. Yecenia era a número 90. Era a primeira vez que ela faria a prática. O que foi apurado até o momento, segundo o portal, é que a jovem teria se confundido ao ouvir a ordem para pular. Na verdade, o namorado dela deveria ter saltado, pois já estava com todos os equipamentos. Já Yecenia, estava apenas com o arnês, espécie de colete de fitas que cobre o tronco e, posteriormente, é preso ao elástico para o salto. 

Um vídeo que mostra o momento em que a jovem pula está circulando nas redes sociais. As imagens são fortes e é possível ouvir outras pessoas gritando ao redor. A reportagem ainda conta que, desesperado, o namorado desceu até o local da queda e tentou fazer manobras de ressuscitação em Yecenia, mas ela já não tinha sinais vitais. O corpo foi resgatado pelos bombeiros. O rapaz também precisou ser socorrido com alguns ferimentos da descida. Ele ficou em estado de choque.

Veja o vídeo:

Yecenia foi sepultada nessa terça-feira (20/7). Familiares disseram que a empresa não entrou em contato com eles e nem se pronunciou à imprensa. Ainda segundo El Tiempo, soube-se que duas empresas promovem saltos no viaduto nos fins e semana. No entanto, o prefeito de Fredonia, Gustavo Gusmán, disse que elas não têm autorização para realizar a prática em nenhum dos dois municípios. Ele pediu informações aos investigadores com o objetivo de baixar um decreto sobre a situação


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade