Publicidade

Estado de Minas NOVA YORK

Preso no aeroporto de Nova York cidadão da Guiana que viajou com 35 tentilhões vivos em suas roupas


27/04/2021 19:48

Um cidadão da Guiana foi preso no Aeroporto Internacional JFK, em Nova York, depois que autoridades encontraram 35 tentilhões vivos escondidos dentro de sua jaqueta e calças, informou a Justiça dos EUA nesta terça-feira.

Kevin André McKenzie, de 36 anos, foi preso na segunda-feira por acusação de exportar animais silvestres para os Estados Unidos, informou o Ministério Público do Distrito Leste de Nova York.

Nesta terça-feira, o acusado compareceu diante de um juiz federal do Brooklyn que o libertou em troca de uma fiança de US$ 25.000, disse a promotoria.

McKenzie escondeu os pássaros individualmente dentro de rolos de cabelo, ou bobes, que amarrou na cintura de sua jaqueta e ao redor de cada tornozelo.

Em um relatório apresentado ao juiz, a agente especial do Serviço de Vida Selvagem, Kathryn McCabe, afirmou que muitos nova-iorquinos querem tentilhões para participar de competições de canto nos bairros de Brooklyn e Queens.

Os tentilhões vencedores às vezes ganham até US$ 10.000, e os tentilhões da Guiana têm a reputação de cantar melhor, informou a agente.

"Um indivíduo que deseja contrabandear tentilhões da Guiana para os Estados Unidos pode ter um grande lucro se os vender na região de Nova York", explicou McCabe.

O réu contou às autoridades que havia recebido US$ 3.000 para contrabandear as aves para os Estados Unidos, US$ 500 desse total antes do voo. Ele receberia o resto do pagamento na chegada.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade