Publicidade

Estado de Minas WASHINGTON

Autoridades sanitárias dos EUA aprovam retomada do uso da vacina da Johnson & Johnson


23/04/2021 20:45 - atualizado 23/04/2021 20:49

As autoridades de saúde dos Estados Unidos deram luz verde nesta sexta-feira (23) para a retomada da imunização contra a covid-19 com a vacina da Johnson & Johnson no país, que foi suspensa em 13 de abril após raros casos de coágulos sanguíneos.

"O uso da vacina contra a covid-19 da Janssen deve ser retomado nos Estados Unidos", disseram os Centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) e a Administração de Alimentos e Medicamentos (FDA), em um comunicado conjunto, após constatar que os benefícios da vacina superam seus riscos.

A suspensão do uso da vacina desenvolvida pelo laboratório americano havia sido decidida para investigar vários casos de mulheres que desenvolveram coágulos sanguíneos associados a baixos níveis de plaquetas após a injeção.

"A FDA e os CDC estão confiantes de que esta vacina é segura e eficaz na prevenção da covid-19", disseram as duas agências.

"No momento, os dados disponíveis sugerem que o risco de coágulos sanguíneos" é muito baixo, mas a FDA e os CDC permanecerão vigilantes e continuarão a investigar esse risco", diz o texto.

Mais cedo, um grupo de especialistas recomendou que as autoridades de saúde americanas retomassem a vacinação com o produto da Johnson & Johnson.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade