Publicidade

Estado de Minas MEIO AMBIENTE

Cúpula do Clima: secretário da ONU diz que planeta está à beira do abismo

António Guterres pediu que países desenvolvidos ajudem países em desenvolvimento em financiamento de soluções ambientais


22/04/2021 10:20 - atualizado 22/04/2021 11:49

(foto: MICHAEL SOHN/AFP)
(foto: MICHAEL SOHN/AFP)
secretário da Organização das Nações Unidas, António Guterres, disse, nesta quinta-feira (22/4), que o planeta está à beira do abismo e que é preciso tomar atitudes rápidas para evitar um futuro próximo em que será preciso gastar trilhões para tentar contornar os estragos causados no clima.

"Precisamos diminuir as emissões de gás para os níveis de 2005. Os países não podem esperar. Na última década, já vimos os níveis das emissões de carbono maiores que nas últimas décadas. As temperaturas começaram a subir e trouxeram a possibilidade de catástrofe", disse.

Ele citou o aumento do nível dos mares e a ocorrência de ciclones tropicais e incêndios sem precedentes como exemplos de catástrofes que devem ser mais frequentes caso os países sejam omissos. "O mundo está num alerta vermelho, estamos à beira do abismo e precisamos nos assegurar que o próximo passo esteja na direção correta", afirmou.

Siga a cúpula ao vivo:


Guterres argumentou que os líderes do mundo devem agir em prol de uma agenda para zerar as emissões líquidas. "Temos que fazer dessa década uma década de transformações. Os países precisam ter contribuições mais ambiciosas."

O secretário disse, também, que países desenvolvidos devem ajudar países em financiamento nas tecnologias verdes e soluções para a preservação do meio ambiente. Ele ressaltou, ainda, que o engajamento de jovens e mulheres está influenciando setores da economia na busca por ações efetivas contra as mudanças climáticas.

"Os jovens estão mostrando aos mais velhos o que está acontecendo. As mulheres estão na linha de frente e isso encoraja o setor financeiro pelo objetivo da emissão zero, que pode trazer trilhões de gastos nos próximos anos caso não consigamos cumprir nossas metas. Vamos mobilizar lideranças políticas para nos unirmos e trazermos dignidade e prosperidade para todos", finalizou.
 
(foto: Arte: Soraia Piva/EM/D.A Press)
(foto: Arte: Soraia Piva/EM/D.A Press)


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade