Publicidade

Estado de Minas COLAPSO

Presidente da Venezuela, Nicolas Maduro oferece ajuda a Manaus com oxigênio

País sul-americano, que vive crise humanitária, disse que vai oferecer todo o oxigênio necessário à capital do Amazonas


14/01/2021 21:56 - atualizado 14/01/2021 22:17

Nicolas Maduro mandou mensagem ao povo do Amazonas através do chanceler Jorge Arreaza(foto: Federico Parra/AFP)
Nicolas Maduro mandou mensagem ao povo do Amazonas através do chanceler Jorge Arreaza (foto: Federico Parra/AFP)
 
O presidente da Venezuela, Nicolas Maduro, se dispôs a ajudar o Brasil a superar o problema do colapso na saúde em Manaus, no Amazonas. Por meio do ministro das Relações Exteriores, Jorge Arreaza, o país ofereceu oxigênio necessário para minimizar a dificuldade dos hospitais.
 
O país, que vive grave crise humanitária entrou em contato direto com o governo do Amazonas, abrindo mão de conversar com o governo federal. “Por instruções do presidente Nicolas Maduro, conversamos com o governador do estado do Amazonas, Wilson Lima, para colocar imediatamente à disposição o oxigênio necessário para atender a contingência sanitária em Manaus. Solidariedade latino-americana a todos”, escreveu o chanceler.
 
Pela logística mais fácil, a Venezuela seria o país com opção mais viável para importação do oxigênio e pela oferta do insumo. 

As empresas que produzem os cilindros aumentaram a capacidade de fabricação ao limite, mas a demanda seria três vezes maior ao que Manaus conta atualmente. Uma das soluções seria apelar à fornecedora White Martins, que já tem parceria com o governo do Amazonas e está trabalhando em ritmo acelerado para atender à demanda. 

A empresa também informou que colocou a disposição das autoridades 32 tanques criogênicos móveis que estão em São Paulo e serão transportados para Manaus.

O Amazonas já registrou mais de 219 mil casos da COVID-19 e 5.879 mortes desde o início da pandemia. Pelo menos 1.564 pacientes seguem internados no estado.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade