Publicidade

Estado de Minas PANDEMIA

Coronavírus: a cidade do Texas que está no pico da pandemia, mas se recusa a fazer lockdown

Condado do oeste do Texas tornou-se o mais recente epicentro da covid-19 do país


21/11/2020 09:17 - atualizado 21/11/2020 17:12

Prisioneiros têm trabalhado no necrotério local(foto: Reuters)
Prisioneiros têm trabalhado no necrotério local (foto: Reuters)

Quando novembro começou, os Estados Unidos tinham pouco mais de nove milhões de casos de COVID-19. Agora, apenas algumas semanas depois, o país está chegando a 11 milhões. E um condado no oeste do estado do Texas emergiu como o mais recente epicentro americano.

Quase na fronteira com o México, El Paso é conhecido por sua paisagem desértica, complexos militares e sol abundante. Agora, está se tornando uma das regiões mais atingidas pela pandemia no país.

Os pacientes com covid-19 respondem por mais da metade de todas as internações hospitalares no condado, e a contagem de casos continua a crescer.

A seguir, você confere cinco sintomas do desdobramento dessa crise.

Hospitais lotados

Com os números aumentando na casa dos milhares todos os dias em El Paso, cerca de 77 mil pessoas já foram infectadas. É quase o mesmo número de casos confirmados em países inteiros como a Grécia ou a Líbia.

Os dados mostram que 1.120 residentes de El Paso estão atualmente hospitalizados com o vírus, e esse número deve aumentar. Isso significa que um em cada seis pacientes com COVID-19 hospitalizados no Estado do Texas está neste condado. Até o momento, um total de 839 pessoas morreram.

Os profissionais de saúde estão lutando para lidar com a situação. Um porta-voz do Centro Médico da Universidade de El Paso disse que o hospital reconheceu o preço "físico e emocional" que a pandemia estava causando a toda a equipe.


Moradores rezam em frente ao hospital de El Paso(foto: Reuters)
Moradores rezam em frente ao hospital de El Paso (foto: Reuters)

Enquanto as autoridades correm para acompanhar o rápido aumento do número de doentes, o centro de convenções da cidade de El Paso foi recentemente transformado em um hospital improvisado para garantir algumas camas extras.

As instalações estão tão lotadas que os pacientes são transportados de avião para outras cidades do Estado.

Na última segunda-feira, o juiz do condado de El Paso, Ricardo Samaniego, disse que o condado abriu 500 leitos hospitalares extras até agora. Mas, com a taxa de disseminação do vírus, essas novas vagas estariam cheias até a próxima semana.

Dez necrotérios móveis

Enquanto os hospitais lidam com muitos pacientes, o necrotério de El Paso não consegue acompanhar o número crescente de mortos no condado. Como resultado, os funcionários estão apelando para caminhões e trailers refrigerados. Dez desses necrotérios móveis foram solicitados nas últimas semanas.

As instalações foram posicionadas do lado de fora do escritório da autoridade de saúde do Estado. Só na semana passada, esses necrotérios improvisados receberam mais de 150 corpos.


Cemitério próximo ao escritório do legista de El Paso, onde necrotérios móveis estão instalados(foto: Getty Images)
Cemitério próximo ao escritório do legista de El Paso, onde necrotérios móveis estão instalados (foto: Getty Images)

No início deste mês, o departamento de defesa dos Estados Unidos enviou equipes médicas para ajudar os profissionais de saúde locais.

Até as empresas do ramo que trabalham no condado estão sentindo a pressão. Jorge Ortiz, gerente de uma companhia do setor, disse ao veículo de imprensa KERA News que teve que converter a capela de sua funerária em um refrigerador. Ortiz observou que o pico de casos registrados no verão "não é nada comparado ao que estamos vivendo agora".

Presidiários ajudam com os corpos

A cidade continua enfrentando a falta de funcionários e as autoridades têm lidado com críticas por pedirem ajuda às prisões locais.

Os presos foram fotografados manuseando os corpos das vítimas de covid-19 no escritório do legista da cidade, ajudando a carregá-los para os necrotérios móveis.

Um porta-voz do escritório do xerife de El Paso disse que os presos são infratores menores e estavam em prisões de segurança mínima. Além disso, eles serão indenizados por seu trabalho em 2 dólares (cerca de 10 reais) por hora.

A decisão de participar é voluntária e todos eles receberam equipamentos de proteção. Mesmo assim, a decisão chocou muitos moradores locais.


Presidiários ajudam a mover corpos de pacientes da covid-19 em El Paso(foto: Reuters)
Presidiários ajudam a mover corpos de pacientes da covid-19 em El Paso (foto: Reuters)

Ricardo Samaniego, juiz do condado, considerou o uso de pessoas vindas do sistema prisional como um último recurso. "Se não há pessoal, ninguém para ajudar, e há voluntários, mesmo que sejam presidiários, então é isso que resta", disse ele, de acordo com a rede de televisão KFOX14 News.

O juiz acrescentou que as autoridades estavam esperando os guardas nacionais do Texas, mas os militares não confirmaram que poderiam atender à demanda.


Os dados mostram que 1.120 residentes de El Paso estão atualmente hospitalizados com o vírus, e esse número deve aumentar.(foto: Reuters)
Os dados mostram que 1.120 residentes de El Paso estão atualmente hospitalizados com o vírus, e esse número deve aumentar. (foto: Reuters)

Seis meses, seis membros da família

Nos últimos seis meses, uma mulher de El Paso perdeu seis membros de sua família para o vírus.

Bonnie Soria Najera disse ao programa Good Morning America que seu tio foi o último a falecer, no domingo. Ela também teve que enterrar seus pais, duas tias e uma prima.

"Eles estavam todos sendo muito cuidadosos", disse ela. "Eles faziam coisas que tinham que fazer: comprar no supermercado, ir às consultas médicas..."

A mãe de Najera testou positivo pela primeira vez em maio. Em três dias, ela estava usando um respirador, relata. Seu pai logo adoeceu com o vírus, mas acabou em um hospital diferente.

Uma semana depois que sua mãe foi internada, veio a notícia da morte. Uma hora depois, Najera soube que seu pai estava usando um respirador. Ele faleceria três semanas depois.

Najera também teve covid-19, mas acabou se recuperando. Quando começou a se sentir melhor, soube que sua prima e sua tia haviam morrido após contrair o vírus. Na semana passada, outra tia também faleceu no hospital após a infecção.

Agora, ela pede aos texanos que pratiquem o distanciamento social de maneira adequada, como sua família tentou fazer. "Você não quer estar no nosso lugar", disse ela.

Por enquanto, nada de lockdown em El Paso

Apesar das preocupações de muitos moradores, não há nenhum bloqueio à vista para o condado do oeste do Texas.


Um painel de juízes decidiu por 2 a 1 que a ordem para fechar negócios não essenciais em El Paso até dezembro ia contra a orientação de reabertura do governador do Texas, expedida no dia 7 de outubro.(foto: Getty Images)
Um painel de juízes decidiu por 2 a 1 que a ordem para fechar negócios não essenciais em El Paso até dezembro ia contra a orientação de reabertura do governador do Texas, expedida no dia 7 de outubro. (foto: Getty Images)

Na sexta-feira, um tribunal de apelações do Estado anulou uma ordem de permanência em casa depois que proprietários de restaurantes locais e o procurador-geral do Estado processaram o juiz Samaniego por tentar criar um lockdown na cidade.

Um painel de juízes decidiu por 2 a 1 que a ordem para fechar negócios não-essenciais até dezembro ia contra a orientação de reabertura do governador do Texas, expedida no dia 7 de outubro. Algumas empresas retomaram as operações quase imediatamente, como informou a mídia local.

O procurador-geral Ken Paxton chamou o juiz Samaniego de "tirano". O juiz do condado respondeu que era "lamentável" que o procurador-geral tentasse "regozijar-se em vez de vir a El Paso para caminhar ao meu lado pelos necrotérios móveis".

Samaniego acrescentou que ficou desapontado com a decisão, mas observou que os habitantes de El Paso ainda devem aderir a certas restrições em relação ao uso de máscaras e aglomerações.

  • Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade