Publicidade

Estado de Minas

Deputado americano chamado Talarico fala ao Brasil: "Não vou roubar sua garota"

Político do Texas James Talarico viralizou no Twitter após seu nome, que por aqui significa ladrão de mulher, ser descoberto por internautas brasileiros


11/11/2020 20:43

Americano foi alvo de brincadeiras de internautas brasileiros no Twitter(foto: Reprodução/Twitter)
Americano foi alvo de brincadeiras de internautas brasileiros no Twitter (foto: Reprodução/Twitter)
 
O deputado do Texas James Talarico viralizou no Twitter após seu nome, que por aqui significa ladrão de mulher, ser descoberto por internautas brasileiros
 
O deputado estadual norte-americano James Talarico foi alertado por assessores, nesta quarta-feira (11/11), que, de repente, seu nome estava sendo mencionado em uma enxurrada de tuítes feitos por brasileiros, aparentemente sem explicação.
 
O político do Texas não sabia, mas o motivo era simples: seu sobrenome, no Brasil, significa ladrão de mulher desde que Zeca Pagodinho gravou a música Talarico, ladrão de mulher.
 
 
 
 
 
Depois de descobrir a causa, Talarico, o político, resolveu entrar na brincadeira e mandou uma mensagem aos brasileiros. "Olá, Brasil! Eu só estou fazendo boas políticas públicas aqui no Texas. Eu prometo que não vou roubar sua garota", escreveu no Twitter.

Ele também explicou a situação aos seus seguidores na rede social. "Aparentemente, 'talarico' é um gíria brasileira para 'ladrão de mulher'. Eu estou sendo comparado também a esse cantor pop brasileiro que tem a reputação de ser um talarico", escreveu, referindo a uma notícia que citava Vitão e seu romance com a ex de Whinderson Nunes, Luíza Sonza.

Por fim, ele agradeceu aos internautas brasileiros que lhe explicaram toda a história com seu nome e ainda postou o vídeo da música de Zeca Pagodinho, que também mereceu um agradecimento. "Obrigado por tornar esse dia possível, Zeca Pagodinho".


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade