Publicidade

Estado de Minas COVID-19 NOS EUA

Flórida tem 15 mil casos de COVID-19 em um dia, recorde para um estado americano

Em cinco dias, a Flórida somou 55.842 casos novos


postado em 12/07/2020 15:49 / atualizado em 12/07/2020 18:55

Flórida registrou mais de 15.000 novos casos de COVID-19 em um dia, estabelecendo um novo recorde para um estado no país(foto: Octavio Jones / GETTY IMAGES NORTH AMERICA / Getty Images via AFP)
Flórida registrou mais de 15.000 novos casos de COVID-19 em um dia, estabelecendo um novo recorde para um estado no país (foto: Octavio Jones / GETTY IMAGES NORTH AMERICA / Getty Images via AFP)
A Flórida registrou mais de 15.000 novos casos de COVID-19 em um dia, estabelecendo um novo recorde para um estado no país, ao superar a marca alcançada antes pela Califórnia, segundo cifras oficiais publicadas neste domingo (12).


O departamento de Saúde da Flórida reportou um total de 15.299 casos neste estado do sudeste americano, que representou um aumento de 47% com base no registro da véspera. A Flórida também registrou 45 óbitos por COVID-19 em 24 horas.


Em cinco dias, a Flórida somou 55.842 casos novos.


O recorde anterior de contágios em um dia pertencia à Califórnia, com um registro de 11.694 na quarta-feira. Antes disso, a marca mais elevada foi alcançada em Nova York, com 11.571 casos reportados em 14 de abril.


O governador da Flórida, o republicano Ron DeSantis, impulsionou a reabertura das atividades em 4 de maio, antes de outros estados do país.


Em uma crítica direta incomum, o principal assessor da Casa Branca na pandemia, Anthony Fauci, disse na quinta-feira que este estado do sul avançou com a suspensão do confinamento antes de que os indicadores de saúde pública fossem os adequados para fazê-lo.


DeSantis repudiou estas declarações, justificando ter se baseado em dados do momento da reabertura.


No fim de junho, DeSantis fez um recuo, ao ordenar o fechamento de bares para conter a propagação da doença. Mas o número de infecções continuou aumentando.


O governador da Flórida se negou a exigir o uso de máscaras nas ruas - uma medida que outros governadores do sul adotaram - afirmando que era um tema sobre o qual os funcionários locais deviam decidir.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade