Publicidade

Estado de Minas

Bill Gates critica Trump:''Isolamento é desastroso, mas necessário''

Nessa terça-feira, o presidente americano pediu o fim do confinamento nos EUA


postado em 25/03/2020 09:25 / atualizado em 25/03/2020 09:44

(foto: Divulgação)
(foto: Divulgação)
O co-fundador da Microsoft Bill Gates criticou o presidente americano Donald Trump que anunciou nessa terça-feira que deseja aliviar o isolamento causado pelo novo coronavírus nos Estados Unidos e reativar a economia em três semanas.

Bilionário e filantrópico, Gates disse que os EUA demoraram para agir de forma suficientemente rápida. A afirmação foi feita durante uma entrevista a um programa do grupo americano de conferências TED. Segundo Gates, a questão é super urgente e que não há escolha em relação ao confinamento. 
Disse ainda que as medidas de restrição de circulação das pessoas são desastrosas para a economia, mas necessárias e que o isolamento social deve durar de seis a dez semanas.   
"Realmente não há meio termo e imagino que seja muito difícil isso às pessoas: ‘ei, continue indo a restaurantes, vá comprar casas novas, ignore a pilha de corpos no canto. Queremos que você continue gastando, porque talvez haja um político que pense que o crescimento do PIB é tudo o que importa'”, destacou o empresário.

Por meio de um tuíte na manhã dessa terça-feira, Donald Trump afirmou: "Nosso povo quer voltar ao trabalho" e disse que a cura não pode ser pior (de longe) do que o problema! O Congresso DEVE AGIR AGORA. Vamos voltar forte!".

Durante uma transmissão ao vivo do canal Fox New, Trump disse que gostaria que os negócios reabrissem as portas até a Páscoa, que será comemorada em 12 de abril.

"Eu adoraria ter o país aberto e ansioso para passar a Páscoa", disse.

O presidente disse que os EUA não adotaram medidas drásticas para combater os acidentes de carro e as mortes de gripes semelhantes àquelas que está tomando para o coronavírus. Ele afirmou que os norte-americanos podem continuar a praticar medidas de distanciamento social, que especialistas em saúde dizem ser cruciais para evitar infecções, mas ao mesmo tempo voltar ao trabalho.

"Perdemos milhares e milhares de pessoas por ano para a gripe. Não desligamos o país. Você pode destruir um país assim, ao fechá-lo."



Vídeo


Na semana passada, um vídeo no qual Bill Gates fala sobre o risco de uma epidemia global e seus efeitos trágicos voltou a circular nas redes sociais. No vídeo, de cinco anos atrás, o bilionário criticou o mundo sobre a falta de um plano de emergência em casos de uma epidemia. Criticou ainda a preocupação dos governantes com planos e estratégias apenas para uma conter uma guerra nuclear.   


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade