Publicidade

Estado de Minas

Três japoneses retirados de Wuhan estão infectados com novo coronavírus


postado em 30/01/2020 06:13

Três dos 206 cidadãos japoneses que foram retirados na quarta-feira da cidade chinesa de Wuhan estão infectados com o novo coronavírus que surgiu nesta cidade da região central da China, anunciou o ministro da Saúde do Japão.

Os resultados positivos são adicionados aos demais oito casos já registrados previamente. As autoridades ainda não concluíram os exames de 210 japoneses que foram retirados da China nesta quinta-feira.

"Uma das três pessoas que apresentou resultado positivo já desenvolveu os sintomas, mas as outras duas não", disse o ministro Katsunobu Kato em uma reunião com parlamentares.

O primeiro-ministro Shinzo Abe afirmou que as três pessoas contaminadas receberão tratamento em um hospital de Tóquio que foi especialmente preparado.

Dos 11 casos registrados no Japão, dois deles são de pessoas que foram contaminadas no território japonês: um motorista que transportou turistas de Wuhan e a guia japonesa que os acompanhava.

"Com a contaminação de pessoa para pessoa no Japão, entramos em uma nova fase", admitiu o ministro Kato.

Em dois voos especiais, o Japão retirou 416 cidadãos da cidade de Wuhan e da província de Hubei. O governo planeja um terceiro voo.

De acordo com o canal de TV NHK, 14 pessoas do segundo voo também foram hospitalizadas, mas até o momento não há confirmação de que são casos positivos.

Por uma questão legal, o Japão não pode manter em quarentena pessoas com exames que apresentam resultados negativos, mas o governo pode elevar o nível de ameaça para conseguir aplicar medidas excepcionais.

De acordo com o ministro da Saúde, duas pessoas que foram retiradas de Wuhan se negaram a passar por exames quando chegaram a Tóquio.

"Explicamos que os exames poderiam ajudá-las, mas estas pessoas não estão convencidas. Não temos os fundamentos jurídicos para forçá-los a aceitar os exames", disse.

O governo dos Estados Unidos determinou um período mínimo de isolamento de 72 horas para as pessoas que saíram de Wuhan. A França planeja um isolamento de 14 dias.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade