Publicidade

Estado de Minas

Facebook investiga possível vazamento de dados de usuários

O banco de dados, disponibilizado num fórum de hackers há uma semana, não estava mais acessível nesta quinta-feira


postado em 19/12/2019 22:31 / atualizado em 19/12/2019 23:50

(foto: Pixabay/Divulgação)
(foto: Pixabay/Divulgação)
O Facebook abriu nesta quinta-feira uma investigação sobre um possível vazamento de dados de 267 milhões usuários da rede social, revelado por um especialista em cibersegurança que encontrou essas informações expostas em fóruns de hackers.


"Estamos observando esse problema, mas pensamos que se trata de informações obtidas antes das mudanças feitas nos últimos anos para melhorar a proteção dos dados das pessoas", disse à AFP um porta-voz da rede social.


Segundo o investigador Bob Diachenko e o site da Comparitech, os logins, números de telefone e nomes de 267 milhões de usuários do Facebook, especialmente americanos, estavam disponíveis gratuitamente na "dark web".


O banco de dados, disponibilizado num fórum de hackers há uma semana, não estava mais acessível nesta quinta-feira após o alerta lançado por Bob Diachenko, informou a Comparitech.


O investigador crê que essas informações foram obtidas por "criminosos no Vietnã", graças a um sistema de robôs que copiam todo o conteúdo que conseguem acessar.


Em setembro, os números de telefones vinculados a cerca de 419 milhões de contas do Facebook foram encontrados disponíveis on-line, à mercê do uso desonesto, de acordo com o site americano TechCrunch.


O Facebook confirmou parcialmente essa informação, mas disse que, de acordo com as investigações, o número de contas envolvidas não atingiu a metade dos 419 milhões usuários.



 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade