Publicidade

Estado de Minas

Depois de ironizar Bolsonaro, Greta Thunberg faz o mesmo com Donald Trump

Presidente dos Estados Unidos ataca a jovem ativista nas redes sociais e diz que ela deveria 'trabalhar no controle de sua raiva'


postado em 12/12/2019 14:51 / atualizado em 12/12/2019 15:56

(foto: CRISTINA QUICLER)
(foto: CRISTINA QUICLER)
O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, publicou nesta quinta-feira  uma mensagem em sua conta do Twitter que atacava a ativista ambiental Greta Thunberg, de 16 anos. Em resposta, a jovem mudou sua descrição do seu perfil na rede social, ironizando a fala do presidente americano. A sueca já tinha feito a mesma coisa com o presidente Jair Bolsonaro quando ele a chamou de “pirralha”.

Trump usou a rede social para debochar da decisão da revista Time de dar o título de “Pessoa do Ano” para a ativista. Em sua fala, o americano disse que “era ridículo” premiar Tumberg e que ela deveria “trabalhar no controle de sua raiva” e “assistir a um filminho com um amigo”. “Relaxa, Greta, relaxa!”, escreveu.



A sueca decidiu responder ao presidente americano da mesma forma que respondeu a Jair Bolsonaro na última terça-feira, mudando sua descrição do Twitter em provocação.

“Uma adolescente trabalhando no controle da sua raiva. Atualmente descansando e assistindo a um filminho com um amigo”, escreveu a ativista no campo usado pelos usuários da rede social para descrever sua personalidade e principais atividades. 

(foto: Reprodução/Twitter)
(foto: Reprodução/Twitter)


(foto: Reprodução/Twitter)
(foto: Reprodução/Twitter)
Donald Trump e Greta Thunberg já protagonizaram outras brigas nas redes-sociais. Durante a Assembleia-Geral das Nações Unidas, uma foto onde a ativista encarava o presidente americano viralizou na internet.

Na última terça-feira, Jair Bolsonaro atacou a ativista ambiental ao chamá-la de “pirralha” enquanto questionava os motivos de a mídia dar “tanto espaço” ao que a jovem diz. A entrevista foi feita após Greta dizer que os índios mortos no Maranhão estavam tentando proteger a floresta. 
 
*A estagiária está sob supervisão da editora-assistente Vera Schmitz


Publicidade