Publicidade

Estado de Minas

Incêndios atingem várias regiões da Síria e do Líbano


postado em 15/10/2019 14:31

Uma onda de incêndios devasta várias regiões do Líbano e da Síria desde segunda-feira, provocando até agora três mortos entre os dois países, que solicitaram a ajuda de outras nações.

O primeiro-ministro libanês, Saad Hariri, anunciou nesta terça-feira que entrou em contato com autoridades de "vários países (sobretudo europeus) para que enviem helicópteros e aviões".

O ministro da Defesa, Elias Bu Saab, solicitou a ajuda do Chipre durante uma visita a Nicósia. O governo cipriota respondeu rapidamente, assim como o da Grécia, que enviaria aviões.

No Líbano foram registrados 103 incêndios em várias regiões desde a segunda-feira, de acordo com a agência oficial ANI.

Um civil morreu nesta terça-feira em Iqlim Al Jarrub, área de montanhas do sul do país, quando ajudava as equipes da Defesa Civil. Muitas pessoas abandonaram suas casas após dezenas de casos de asfixia.

Com recursos limitados e sem aviões de combate a incêndios, o Líbano não consegue controlar as chamas.

Na Síria também foram registrados incêndios, nas províncias de Tartus e Latakia (oeste) e Homs (centro). Em Latakia, duas pessoas morreram quando tentavam controlar as chamas, informou a agência oficial Sana.


Publicidade