Publicidade

Estado de Minas

Assassino serial de homossexuais será executado na Flórida

Gary Ray Bowles vai receber uma injeção letal. Ele foi condenado por matar seis pessoas em seis estados ao longo da rodovia I-95


postado em 22/08/2019 15:19 / atualizado em 22/08/2019 16:19

(foto: HO / Florida Department of Corrections / AFP)
(foto: HO / Florida Department of Corrections / AFP)

O estado da Flórida deve executar nesta quinta-feira Gary Ray Bowles, que confessou ter matado seis homens em 1994 em uma série de ataques contra homossexuais.


Bowles é conhecido como o "Assassino da I-95" (em referência à rodovia que conecta o leste dos Estados Unidos de norte a sul), porque matou as seis vítimas em seis estados ao longo dessa via.


Depois que a Suprema Corte da Flórida negou várias apelações para suspender a execução por injeção letal, a punição máxima ficou marcada para esta quinta, à 18H00 local (19H00 de Brasília).


O jornal Washington Post publicou um perfil de Bowles em 1994, que na ocasião era fugitivo, e no qual narra os maus-tratos sofridos pelo padrasto e o abandono da mãe. Fugindo de casa, se dedicou à prostituição para sobreviver.


Desde então, foi preso várias vezes, inclusive por agredir e estuprar a namorada.


Em 1994, foi capturado em Jacksonville, nordeste da Flórida, pelo assassinato de Walter Jamelle Hinton. Bowles então confessou ter matado seis homens.


Foi sentenciado em 1999 à morte pelo assassinato de Hinton.


Publicidade