Publicidade

Estado de Minas

Obras de reconstrução de Notre Dame são suspensas por exposição a resíduos de chumbo

Incêndio em abril causou a fusão de várias centenas de toneladas do metal tóxico, contido na estrutura, no teto e na torre da catedral


postado em 25/07/2019 14:42 / atualizado em 25/07/2019 15:57

Trabalhadores circulam pela catedral de Notre Dame, em Paris, cerca de três meses após o incêndio que destruiu o monumento de 850 anos(foto: STEPHANE DE SAKUTIN / POOL / AFP)
Trabalhadores circulam pela catedral de Notre Dame, em Paris, cerca de três meses após o incêndio que destruiu o monumento de 850 anos (foto: STEPHANE DE SAKUTIN / POOL / AFP)


As obras de reforma da catedral de Notre Dame de Paris, praticamente destruída por um grande incêndio, foram interrompidas nesta quinta-feira (25) para que as regras de precaução sejam revisadas em função dos trabalhadores expostos aos resíduos de chumbo.


A suspensão foi anunciada em coletiva de imprensa por Michel Cadot, prefeito do departamento administrativo do qual Paris faz parte, quem alegou que as medidas de precaução "não eram aplicadas suficientemente".


"Quis diminuir o ritmo [das obras]. Para que padrões claros sejam estabelecidos, de acordo com os requisitos da inspeção do trabalho, para que todas as empresas e trabalhadores que venham a trabalhar aqui nos próximos meses", explicou Cadot.


O incêndio na catedral gótica de 850 anos de antiguidade, no dia 15 de abril, causou a fusão de várias centenas de toneladas de chumbo, contidas na estrutura, no teto e na torre do monumento.


Como resultado, algumas áreas estão "contaminadas com chumbo, como o interior da catedral" e "há zonas de trânsito ao redor da catedral e zonas de saída para o espaço público, onde há medidas de controle muito rigorosas que devem ser aplicadas para todos os funcionários", completou.


Entretanto, segundo Cadot, a inspeção de trabalho constatou, depois de algumas visitas, que as regras de precaução estabelecidas para e pelos trabalhadores "não estavam sendo aplicadas de forma adequada" e não eram aplicadas sistematicamente, de modo que o fechamento foi decidido temporariamente.


Por outro lado, duas escolas que acomodavam 180 crianças nos cursos de verão, localizadas no mesmo bairro de Notre Dame, no coração de Paris, foram fechadas por precaução devido à alta concentração de chumbo na vizinhança.


Na semana passada, a prefeitura de Paris indicou que os testes realizados nas escolas da região não justificavam "qualquer alerta".


No entanto, a Agência Regional de Saúde havia pedido que se realizassem novos testes após serem medidos em espaços ao ar livre níveis acima da referência de 5.000 microgramas de chumbo por metro quadrado.


O chumbo é uma substância tóxica que, em níveis altos, pode afetar o funcionamento dos rins, provocar problemas digestivos, lesões no sistema nervoso ou anomalias no sistema reprodutivo.


As crianças de pouca idade são especialmente vulneráveis aos efeitos tóxicos do chumbo, que pode apresentar consequências graves e permanenetes em sua saúde, afetando em particular o desenvolvimento do cérebro e do sistema nervoso, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS).


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade