Publicidade

Estado de Minas

Luxemburgo oferece 100.000 euros à associação do chefe Raoni

Líder indígena visita o país europeu, que quer contribuir com a proteção da Floresta Amazônica


postado em 20/05/2019 12:15 / atualizado em 20/05/2019 12:50

(foto: EMMANUEL DUNAND / AFP)
(foto: EMMANUEL DUNAND / AFP)

Luxemburgo anunciou nesta segunda-feira, por ocasião da visita do líder indígena brasileiro Raoni, uma contribuição de 100.000 euros para proteger a Floresta Amazônica, de acordo com um comunicado oficial.


"Meu governo deseja propor uma contribuição financeira de 100.000 euros à Associação Forêt Virgo", disse o primeiro-ministro Xavier Bettel.


Esta contribuição será disponibilizada através de um fundo gerido pelo Ministério do Ambiente, Desenvolvimento Climático e Sustentável do Luxemburgo, afirma o governo.


Em sua viagem pela Europa este mês, Raoni quer alertar sobre o desmatamento na Amazônia e está tentando arrecadar EUR 1 milhão para a proteção da Reserva do Xingu no Brasil.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade