Publicidade

Estado de Minas

Bolsonaro inicia transição em Brasília


postado em 05/11/2018 14:45

O presidente eleito Jair Bolsonaro desembarca nesta terça-feira (6) em Brasília para iniciar o processo de transição, que inclui seu primeiro encontro com o presidente Michel Temer.

"Esta semana damos mais um grande passo com o início do funcionamento do grupo de transição de governo, absorvendo informações para restruturação do Brasil. Em Brasília, teremos acessos iniciais a números e informações que serão passadas aos brasileiros!", escreveu Bolsonaro no Twitter.

Bolsonaro, que ainda carrega uma bolsa de colostomia por uma facada que recebeu no abdômen em 6 de setembro, foi eleito em 28 de outubro com 55% dos votos contra Fernando Haddad (45%).

O presidente eleito deve participar na terça-feira com os líderes do Congresso de uma cerimônia comemorativa dos 30 anos da Constituição de 1988. Na quarta-feira, se reunirá com Temer no Palácio do Planalto.

Seu futuro ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, já está na capital para se reunir com Eliseu Padilha, braço direito de Temer.

Lorenzoni foi oficialmente nomeado "ministro extraordinário" para coordenar a equipe de transição que trabalhará nas instalações do Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB), a cerca de 3 km do Planalto, em Brasília.

Na primeira semana desde a eleição de Jair Bolsonaro, os nomes de cinco futuros ministros foram divulgados.

A nomeação de maior impacto midiático foi a do popular juiz federal Sérgio Moro, responsável pela Operação Lava Jato e autor da condenação do ex-presidente Lula, que aceitou o cargo de ministro da Justiça.

Os outros são o astronauta Marcos Pontes, para a pasta da Ciência, o general da reserva Augusto Heleno Ribeiro para a Defesa; Lorenzoni na Casa Civil e o economista liberal Paulo Guedes para a Fazenda.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade