Publicidade

Estado de Minas

Trump critica Fed por sua agressividade ao aumentar as taxas de juros


postado em 11/10/2018 10:30

O presidente Donald Trump reiterou suas críticas ao Federal Reserve (Fed) nesta quinta-feira, ao afirmar que o banco central americano é "muito agressivo" ao elevar demais as taxas de juros.

"Acho que estão cometendo um grande erro", afirmou o presidente em entrevista ao programa Fox & Friends.

"Estão sendo muito agressivos", enfatizou.

Na véspera, Trump já havia declarado que o Fed "enlouqueceu".

Falando ao chegar em Erie, na Pensilvânia, para participar de um ato de campanha, Trump lançou o seu ataque contra a independência do Fed.

"Acho que o Fed está cometendo um erro. Acho que o Fed enlouqueceu (...). Realmente não concordo com isto", disse Trump, que habitualmente critica o Fed por sua política de aumentar gradualmente as taxas de juros.

A Bolsa de Nova York registrou uma drástica queda das ações de tecnologia, em um contexto de forte aumento dos juros da dívida americana.

O índice industrial Dow Jones caiu 3,15%, a 25.598,74 unidades em sua pior sessão desde fevereiro. O tecnológico Nasdaq recuou 4,08%, a 7.422,05 unidades, o pior valor desde junho de 2016, quando o Reino Unido votou na ruptura com a União Europeia (Brexit).

A maioria das grandes empresas americanas sofreu no pregão desta quarta-feira: Boeing e Facebook perderam mais de 4%, e Amazon, Nike e Microsoft caíram além de 5%.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade