Publicidade

Estado de Minas

Prefeito de Nova York exige de Airbnb informações sobre locatários


postado em 06/08/2018 23:18

O prefeito de Nova York, Bill de Blasio, firmou nesta segunda-feira a lei que obriga Airbnb e outras plataformas de aluguel de residências por temporada a fornecer os dados dos locatários.

A capital financeira dos Estados Unidos é a última de uma longa lista de cidades a colocar sites como o Airbnb na mira, diante da reação global contra startups de "economia colaborativa" que concorrem com empresas tradicionais.

A resolução se aplica a todos os sites de hospedagem por temporada e exige que os operadores entreguem uma lista de todas as transações realizadas na cidade. A medida entrará em vigor em 180 dias.

Os defensores da nova legislação afirmam que ela acabará com os aluguéis ilegais em curto prazo.

A Airbnb acusa o poderoso lobby hoteleiro de Nova York de estar na origem da lei, e argumenta que a maioria de seus associados são cidadãos nova-iorquinos que tentam sobreviver alugando quartos em suas casas.

A lei prevê uma multa mensal de 1.500 dólares contra as plataformas que omitirem dados e valores dos alugueis.

Nova York é o maior mercado de aluguel da Airbnb nos Estados Unidos.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade