Publicidade

Estado de Minas

Conte submete programa de governo ao voto parlamentar na Itália


postado em 06/06/2018 09:30

O novo chefe de Governo italiano, Giuseppe Conte, submete nesta quarta-feira ao voto de confiança dos deputados seu programa, que vira as costas à austeridade, embora não à Europa, depois de obter a aprovação dos senadores na terça-feira.

O voto de confiança dos 630 deputados será realizado na parte da tarde. O novo governo tem uma maioria confortável de mais de 30 deputados.

Giuseppe Conte, de 53 anos, era um estranho para os italianos antes de ser nomeado pelo Movimento Cinco Estrelas (M5E, antissistema) e pela Liga (extrema-direita) para dirigir o Executivo.

Diante do Senado, Conte defendeu o programa deste primeiro governo populista em um país fundador da União Europeia. Ele disse que pretende reduzir a enorme dívida da Itália, a mais importante da zona do euro depois da Grécia, mas não por medidas de austeridade.

Este professor de Direito tentou tranquilizar os parceiros europeus da Itália e confirmou a ancoradouro europeu e atlântico do seu país.

"A Europa é a nossa casa", afirmou, reivindicando a participação da Itália na Aliança Atlântica.

Isto não o impediu de confirmar a sua vontade de praticar uma política de "abertura" à Rússia, de acordo com os compromissos eleitorais dos "dois principais parceiros" da coalizão governamental.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade