Publicidade

Estado de Minas

Berlusconi aprova aliança Liga/antissistema na Itália


postado em 09/05/2018 18:00

O ex-chefe de governo italiano Silvio Berlusconi anunciou, nesta quarta-feira (9), a sua aprovação a um possível acordo governamental entre o seu aliado, a Liga (extrema-direita), e o Movimento 5 Estrelas (M5E, antissistema), que devem, no entanto, chegar a um consenso.

"Se outra força política da coalizão conservadora quiser assumir a responsabilidade de formar um governo com o 5 Estrelas, tomaremos nota desta escolha com respeito", anunciou o bilionário em um comunicado.

O posicionamento do veterano político, ator-chave na cena política italiana por 25 anos, abre caminho para um acordo de governo.

Os deputados do Força Itália (FI) não vão votar a favor de um governo liderado pelo M5E, "que não têm a maturidade política para assumir essa responsabilidade", mas um acordo entre a Liga e o M5E "não significa o fim da aliança" entre FI e a Liga, particularmente nas regiões que dirigem juntos, disse Berlusconi.

Dois meses depois das eleições legislativas de 4 de março, as forças políticas italianas não conseguiram formar um governo por causa de uma série de vetos recíprocos. Desta forma, o presidente da República, Sergio Mattarella, propôs um gabinete "neutro" para liderar a país até dezembro e sair do bloqueio político.

Diante desta situação, os líderes da Liga, Matteo Salvini, e do M5E, Luigi Di Maio, concordaram em solicitar um prazo de 24 horas, que expira nesta quinta-feira, para tentar encontrar uma solução in extremis antes de Mattarella nomear esta semana o encarregado de liderar o governo neutro.

A coalizão de direita, que venceu as eleições com 37% dos votos e liderada pela Liga e o Movimento 5 Estrelas, o partido mais votado com 32%, têm em conjunto uma maioria absoluta no Parlamento para governar.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade