Publicidade

Estado de Minas

Para Macron, Conselho de Segurança da ONU deve retomar 'iniciativa'

Macron celebrou "a excelente coordenação" com os Estados Unidos e com o Reino Unido durante o ataque contra as instalações químicas sírias


postado em 14/04/2018 15:48 / atualizado em 14/04/2018 21:49

(foto: AFP / POOL / ludovic MARIN )
(foto: AFP / POOL / ludovic MARIN )

O presidente francês Emmanuel Macron disse neste sábado que depois dos ataques na Síria por Estados Unidos, França e Reino Unido, o Conselho de Segurança da ONU deve "agora retomar, na unidade, a iniciativa sobre os aspectos políticos, químico e humanitário".


Macron celebrou "a excelente coordenação" com os Estados Unidos e com o Reino Unido durante o ataque contra as instalações químicas sírias, que "cumpriu seus objetivos", disse um comunicado do Eliseu, que apontou que o presidente francês conversou por telefone com Donald Trump e com a primeira-ministra britânica Theresa May.


"O Conselho de Segurança das Nações Unidas deve agora retomar, na unidade, a iniciativa sobre os aspectos político, químico e humanitário na Síria, para garantir a proteção da população civil e para que esse país recobre por fim a paz", acrescentou a presidência francesa.


O Conselho de Segurança da ONU rejeitou neste sábado um projeto de resolução que havia sido apresentado pela Rússia e que exigia uma condenação aos ataques realizados por Estados Unidos, França e Reino Unido contra a Síria.

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade