Publicidade

Estado de Minas

Presidente da Roma é multado por mergulho em fonte histórica


postado em 11/04/2018 11:18

O presidente da Roma, o americano James Pallotta, precisará pagar multa por mergulhar em uma histórica fonte de água da capital italiana, durante comemoração da classificação de sua equipe para a semifinal da Liga dos Campeões, informaram nesta quarta-feira veículos de comunicação do país.

As imagens, difundidas pelas redes sociais, mostram o mandatário se jogando de costas na Fonte do Leão, no centro da 'Piazza del Popolo'.

Apesar do ambiente festivo, o gesto está proibido em Roma. Em 2017, a cidade costumou multar o ato em 450 euros, normalmente praticado por turistas que desejam se refrescar ou imitar a cena do filme "A doce vida", do diretor Federico Fellini.

Na quarta-feira pela manhã, Pallotta ligou para a prefeita de Roma, Virginia Raggi, para pedir desculpas e garantir que vai pagar a multa, acrescentou a imprensa italiana.

Horas antes, uma associação de consumidores denunciou a ação do clube em comunicado, criticando "um exemplo muito ruim para os milhões de jovens que acompanham o futebol e a Roma, e que deveriam ser educados sobre o respeito ao patrimônio público e aos bens históricos".

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade