Publicidade

Estado de Minas

Tillerson viaja para Oriente Médio e Turquia com Síria na agenda


postado em 08/02/2018 20:54

O chefe da diplomacia americana, Rex Tillerson, viaja na próxima semana para o Oriente Médio e a Turquia com o aumento das tensões na Síria de fundo, anunciou nesta quinta-feira (6) o Departamento de Estado.

Uma das principais etapas de sua viagem, que vai durar de domingo até a sexta-feira, 16 de fevereiro, será no Kuwait para participar em uma reunião ministerial da coalizão internacional antijihadista do Estado Islâmico (EI) no Iraque e na Síria, liderada por Washington.

"Este será o primeiro encontro do secretário de Estado com seus colegas da coalizão internacional depois da derrota do EI em Raqa e depois que o Iraque proclamou sua libertação dos terroristas" no começo de dezembro, destacou o Departamento de Estado em um comunicado.

A Síria deveria estar também no centro de suas conversas previstas na Turquia, aliada dos Estados Unidos no âmbito da Otan, que lançou no final de janeiro uma ofensiva no noroeste sírio contra uma milícia curda considerada "terrorista" pelas autoridades turcas, mas sustentada e armada por Washington por sua luta contra o EI.

Segundo o comunicado, Tillerson vai lembrar Ancara sobre o caso do presidente da Anistia Internacional na Turquia, Taner Kiliç, detido provisoriamente desde junho de 2017, e cuja liberdade condicional foi anulada imediatamente pela Justiça turca no fim de janeiro.

"Fazemos um chamado ao governo turco para que ponha fim ao estado de emergência, para que libere os que foram detidos arbitrariamente" depois do golpe de Estado frustrado do verão de 2016 e para "preservar o Estado de direito", disse na terça-feira a porta-voz do governo americano, Heather Nauert.

Também terá encontros menos tensos com os líderes de Líbano, Egito e Jordânia, nos quais além do tema sírio, tentará reavivar negociações de paz entre israelenses e palestinos, um processo em ponto morto desde que Trump decidiu reconhecer Jerusalém como capital de Israel.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade