Publicidade

Estado de Minas

Canadá adapta hino nacional ao gênero neutro


postado em 02/02/2018 20:30

Os canadenses em breve cantarão uma nova versão de seu hino nacional, depois de que o Parlamento aprovou uma lei para mudar a letra, a fim de respeitar a neutralidade de gênero.

Apenas um verso de "O Canada" foi modificado, passando de "verdadeiro amor patriota manda em todos os teus filhos" para "verdadeiro amor patriota manda em todos nós".

"Trata-se de duas palavras", disse a senadora Frances Lankin aos jornalistas. "Mas é enorme em termos de um de nossos principais símbolos nacionais", assegurou.

O primeiro-ministro, Justin Trudeau, qualificou a medida de "outro passo positivo em direção à igualdade de gênero", enquanto a autora feminista Margaret Atwood, que pedia esta mudança desde a década de 1980, tuitou seu agradecimento aos legisladores.

Outros condenaram a nova letra e disseram que continuarão cantando a versão anterior.

"Decepcionados por escutar os liberais mudarem nosso hino nacional. Algumas coisas não deveriam mudar", escreveu o parlamentar Bob Saroya no Twitter.

A proposta, impulsada pelo falecido legislador Mauril Belanger, foi aprovada pela Câmara baixa em 2016, e na quarta-feira obteve o apoio do Senado. Agora só precisa da assinatura do governador-geral para se transformar em lei, o que é uma formalidade.

A versão francesa de "O Canada", que não foi revisada, foi encomendada pelo vice-governador de Quebec em 1880. A versão em inglês foi criada em 1906.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade