Publicidade

Estado de Minas

Turquia investigará suposta espionagem da Alemanha


postado em 17/08/2014 11:52

As autoridades turcas vão investigar as acusações segundo as quais a Alemanha, sua aliada na Otan, teria espionado a Turquia desde 2009, informou uma autoridade neste domingo, garantindo que as informações divulgadas pela imprensa alemã serão levadas a sério.

A revista Der Spiegel afirmou esta semana que o serviço secreto alemão (BND) espiona o governo turco desde 2009, e que em 2013 também interceptou acidentalmente uma conversa do secretário de Estado americano, John Kerry.

"Acredito que essas informações devem ser levadas a sério", declarou Mehmet Ali Sahin, vice-presidente do Partido da Justiça e Desenvolvimento (AKP), no poder.

"O nosso governo e o Ministério das Relações Exteriores realizarão as investigações necessárias", disse à televisão.

Ele também pediu "cautela" devido à tensa relação entre o AKP e o semanário alemão.

O primeiro-ministro Recep Tayyip Erdogan, do AKP, que assumirá a presidência em 28 de agosto, depois de vencer as eleições este mês, lançou durante sua campanha vários ataques ao Der Spiegel, que publicou um artigo crítico contra seu governo.

O Der Spiegel "dá notícias muito injustas sobre o AKP e, especialmente, Erdogan", disse Sahin.


Publicidade