UAI
Publicidade

Estado de Minas BENEFÍCIO TAXISTA

PBH envia cadastro de quase 9 mil taxistas para benefício emergencial

Ao todo, 8.954 motoristas tiveram os dados enviados pela Prefeitura de Belo Horizonte ao Governo Federal, que pagará um benefício de até R$ 1 mil


05/08/2022 19:03 - atualizado 05/08/2022 19:46

Foto de taxis enfileirados
Primeira parcela do auxílio de até R$ 1.000 será pago dia 16 de agosto. (foto: Gladyston Rodrigues/EM/D.A Press)
A prefeitura de Belo Horizonte (PBH) enviou o cadastro de 8.954 taxistas para o Ministério do Trabalho referente ao pagamento do Benefício Taxista.

O auxílio é uma espécie de benefício emergencial, instituído pela Emenda Constitucional nº 123, de 14 de julho de 2022. O repasse chega ao valor máximo de R$ 1.000 por parcela.

O Benefício Taxista é válido até dezembro de 2022, e a quantidade de parcelas pode ser ajustada considerando o número de trabalhadores beneficiados e o limite global de recursos.

Segundo o Ministério do Trabalho, o mero cadastramento do taxista não garante o repasse do benefício, já que as informações terão que ser analisadas pela Empresa de Tecnologia e Informações da Previdência Social (Dataprev).

O que diz o sindicato


Segundo o presidente do Sindicato dos Taxistas e Motoristas Autônomos de Minas Gerais (Sincavir-MG), João Paulo de Castro, 90% dos trabalhadores da categoria em Belo Horizonte tiveram seu cadastro enviado.

João Paulo ainda explicou que o benefício vem de encontro com uma dificuldade que a categoria vinha passando nos últimos anos. "Devido a esse período de pandemia, em que tivemos uma redução muito grande na nossa demanda, esse auxílio agrega muito”, ressaltou.

A melhora da situação epidemiológica e a redução nos valores do combustível também auxiliam a categoria a retornar à uma normalidade. “Voltando os eventos, os estabelecimentos, como bares e restaurantes, tudo isso influi e tem ajudado. O táxi tem reencontrado a população, e a população tem procurado mais o taxi”, completa o presidente do Sincavir-MG.

Quem está apto a receber e quando é o pagamento

Só estão aptos a receber o benefício os motoristas que foram registrados nas prefeituras até 31 de maio. O benefício será pago a quem estiver em efetivo exercício da atividade e com CPF e CNH, também, regulares.

A previsão do Ministério do Trabalho para o pagamento das duas primeiras parcelas do auxílio a taxistas que tiveram os dados enviados até essa terça-feira (2/8) é 16 de agosto. O prazo final para envio das informações será 11 de setembro de 2022.
 
*Estagiário sob supervisão do subeditor Thiago Prata


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade