UAI
Publicidade

Estado de Minas ANIVERSARIANTE

Gorila Sawidi, do Zoológico de BH, comemora aniversário de 8 anos

Animal é o primeiro gorila nascido na América do Sul e foi batizado com nome indígena; aniversário contou com bolo especial de frutas e verduras


05/08/2022 14:51 - atualizado 05/08/2022 15:38

Sawidi comendo uma fruta
A atração especial, para prestigiar o aniversariante, contou com a apresentação dos gorilas, do Programa de Bem-estar Animal desenvolvido pelo Zoológico de BH e uma conversa sobre a importância dos zoológicos na conservação das espécies. (foto: Zoológico de BH/Divulgação)
O gorila Sawidi, do Zoológico de BH, está comemorando seu aniversário de 8 anos nesta sexta-feira (5/8). Para as comemorações, a família do primogênito desfrutou de um bolo especial para primatas, recheado e confeitado com verduras e frutas, e os visitantes puderam participar do “Encontro do Sawidi”.
 
Sawidi comendo uma fruta
A atração especial, para prestigiar o aniversariante, contou com a apresentação dos gorilas, do Programa de Bem-estar Animal desenvolvido pelo Zoológico de BH e uma conversa sobre a importância dos zoológicos na conservação das espécies. (foto: Zoológico de BH/Divulgação)
O bolo de aniversário de Sawidi foi preparado com os ingredientes preferidos de Sawadi: dentre eles, banana, maçã e manga.
 
A atração especial, para prestigiar o aniversariante, contou com a apresentação dos gorilas, do Programa de Bem-estar Animal desenvolvido pelo Zoológico de BH e uma conversa sobre a importância dos zoológicos na conservação das espécies. A primeira sessão do Encontro com Sawidi ocorreu de 9h às 11h, e a segunda, das 14h às 16h desta sexta.

Gorilas-ocidentais-das-terras-baixas

O nome Sawidi é de origem indígena e significa “é querido”, “é amado”, “é desejado”. Segundo o zoológico, o nome foi escolhido por ser o primeiro filhote de gorilas nascido na América do Sul.
 
Bolo de aniversário de Sawadi
O bolo de aniversário de Sawadi foi preparado com os ingredientes preferidos de Sawadi: dentre eles, banana, maçã e manga. (foto: Zoológico de BH/Divulgação)
O animal é da subespécie gorila-ocidental-das-terras-baixas (Gorilla gorilla gorilla), nativa das florestas da região Centro-Oeste da África. É uma subespécie “Criticamente em perigo” de extinção, de acordo com a União Internacional para a Conservação da Natureza.
 
O grupo foi formado a partir de 2013 e, além de Sawidi, conta com os filhotes Jahari, Ayo e Anaya, além de três indivíduos adultos, sendo um macho dominante (silverback), Leon, e duas fêmeas, Imbi e Lou Lou. Sawidi e Anaya são filhos da gorila Lou Lou; Jahari e Ayo, de Imbi.
 

Conservação

O Zoológico de BH foi reconhecido internacionalmente pela sua excelência, e por isso recebeu a habilitação para participar do programa de conservação da espécie fora do seu habitat natural, entrando no Programa Europeu de Espécies Ameaçadas/Gorilla (Gorilla/EEP).
 
Em ambiente natural, dentre as principais ameaças a esses animais está a caça predatória para consumo da carne, além de doenças infecciosas, como o vírus ebola, e a própria perda do habitat pela substituição da cobertura vegetal nativa por plantações e mineradoras.
 
As mudanças climáticas também podem ameaçar a espécie, ainda que os impactos não sejam conhecidos – algumas previsões sugerem que o ressecamento das florestas tropicais úmidas na região onde vivem os gorilas traga consequências potencialmente negativas para toda a ecologia florestal.
 
A manutenção da espécie em ambientes controlados, fora do seu habitat, pode contribuir para que, no futuro, ações de devolução dos animais à natureza, uma das formas de evitar a extinção do gorial-ocidental-das-terras-baixas.
 
*estagiário com supervisão do subeditor Diogo Finelli.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade