UAI
Publicidade

Estado de Minas JUSTIÇA

Ativistas protestam pelo desaparecimento de cães comunitários há um ano

Ativistas da ONG SGPAN manifestam na Serra da Piedade, local onde os cães Pelúcia, Tuco e Billy foram vistos pela última vez exatamente um ano atrás.


29/06/2022 18:04 - atualizado 29/06/2022 18:43

Faixa amarela com ativistas segurando atrás, com escritos : 29/06/22 - UM ANO SEM PELÚCIA, TUCO E BILLY
Ativistas protestaram hoje pelo desaparecimento dos três cães (foto: SGPAN/Redes Sociais/Reprodução)

 

Ativistas da Sociedade Galdina Protetora dos Animais e da Natureza ( SGPAN) de Caeté, região central de Minas Gerais, manifestam hoje (29/6) na Serra da Piedade, pela falta de respostas sobre o desaparecimento de três cães comunitários - Pelúcia, Billy e Tuco -  há exatamente um ano. Os três animais foram vistos pela última vez no alto do Santuário Serra da Piedade. 


Nas redes sociais da ONG, durante os meses de buscas, foram postadas fotos e apelos para que caso alguém os tenha visto, entre em contato. Porém, três protetoras da cidade receberam cartas anônimas falando que os cães foram mortos e citando quem mandou matar, entretanto, sem provas ou testemunhas, a SGPAN não teve como denunciar. 

 

 


 

A ONG explica que no dia 27 de junho de 2021 eles seguiram pessoas até o alto da Serra da Piedade e não desceram. Logo depois,  foram vistos por mais dois dias e nunca mais tiveram notícias deles.

 

Leia mais: Maus-tratos aos animais: lei existe, mas problema não está resolvido

 

De acordo com um desabafo no Instagram da ONG, "tivemos informação (setembro/2021) de uma pessoa que viu a Pelúcia babando lá no alto da Serra, no final de junho, mas essa pessoa não quis testemunhar", relatou a SGPAN. Responsáveis da ONG e do Santuário conversaram e fizeram reuniões sobre o caso em setembro de 2021, mas ainda sem resolução.

 

*estagiária sob supervisão do subeditor Diogo Finelli.


 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade