UAI
Publicidade

Estado de Minas SITUAÇÃO CRÍTICA

COVID-19: mesmo com novos leitos, taxa de ocupação passa dos 80% em BH

Prefeitura de BH anuncia abertura de mais 49 leitos nesta terça-feira (18/1), mas taxa de ocupação não sai do vermelho


18/01/2022 17:53 - atualizado 18/01/2022 20:44

Ocupação dos leitos de enfermaria e UTI em BH está próxima dos 90%
Ocupação dos leitos de enfermaria e UTI em BH está próxima dos 90% (foto: DOUGLAS MAGNO/AFP)
A cada dia piora a situação nos leitos públicos e particulares de Belo Horizonte destinados ao tratamento de pacientes com COVID-19. Dados divulgados divulgados nesta terça-feira (18) pela PBH apontam que a taxa de ocupação nas enfermarias aumentou e nas UTIs praticamente se manteve estável, apesar de bem elevada.

 

Conforme o município, a taxa de ocupação total, que considera as redes SUS e Suplementar, segue no nível vermelho, com 84,7% nas enfermarias e 82,1%, nas UTIs. Em meio ao grave cenário, o município anunciou a abertura de mais leitos. São 49 desta vez, sendo 39 novas vagas para enfermaria e outras 10 de UTI.

 

Apenas nestes primeiros dias do ano foram abertos na capital 243 novos leitos de enfermaria e 19 de UTI. Pacientes com quadros gripais, ainda sem resultado para a COVID-19, também podem estar internados nos leitos destinados ao tratamento da doença, já que os sintomas são semelhantes.

 

A prefeitura faz um apelo à população para que complete o esquema vacinal e mantenha todas as medidas preventivas como o distanciamento social, a frequente higienização das mãos e o uso de máscaras.

 

gráfico
(foto: Arte/EM/D.A press)
 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade