UAI
Publicidade

Estado de Minas INVESTIGAÇÃO

Polícia apreende cinco toneladas de fios de cobre furtados em BH e região

Sete suspeitos foram presos em flagrante nesta quinta-feira (2/12) em estabelecimentos que compram o material, que costuma ser roubado por usuários de drogas


02/12/2021 18:40 - atualizado 02/12/2021 19:05


Caminhão durante a operação Sinal Vermelho
Operação Sinal Vermelho cumpriu 13 mandados de busca e apreensão em pontos comerciais, sendo sete na capital, quatro em Contagem e dois em Santa Luiza (foto: PCMG/Divulgação)

Cinco toneladas de fios de cobre sem procedência foram apreendidos nesta quinta-feira (2/12) pela Polícia Civil de Minas Gerais, no âmbito da operação Sinal Vermelho. Sete suspeitos foram presos em flagrante, em diversos estabelecimentos comerciais em Belo Horizonte, Contagem e Santa Luzia. O objetivo da ação é de combater a receptação e a comercialização de fios de cobre, de energia e de telefonia, além de outros equipamentos provenientes de furto. 

Foram cumpridos 13 mandados de busca e apreensão em pontos comerciais, sendo sete na capital, quatro em Contagem e dois em Santa Luiza. As investigações, iniciadas há cerca de três meses, têm como foco identificar os receptadores e revendedores clandestinos desse material. Esta é a terceira fase da operação, que já ocorreu em anos anteriores. 

“O objetivo da ação é identificar os responsáveis pela receptação de fios e cabos de energia e internet furtados. É uma resposta da Polícia Civil para esses furtos que acontecem aqui na região. Quando combatemos os receptadores, a gente começa a cortar e diminuir a criminalidade que circunda nessa situação”, ressalta o delegado Arthur Vieira.

“Esses furtos geralmente são cometidos por mendigos ou usuários de drogas, e entregam esse material nestes estabelecimentos para a retirada do plástico e venda do cobre. Neste comércio ilegal, o quilo do cobre é vendido a mais ou menos R$ 50 reais”, explica o delegado. Além dos fios, a investigação também encontrou outros objetos, como dois motores de motocicletas furtados.

Leia: Polícia prende ‘Rei do Cobre’, acusado de negociar fios de cobre roubados 

As investigações prosseguirão para identificar outros receptadores, assim como esclarecer se existe algum vínculo entre os já identificados. 
Fios de cobre apreendidos
Segundo a Polícia Civil, os fios de cobre apreendidos são oriundos de furtos (foto: PCMG/Divulgação)
 
A ação foi realizada pela equipe da 4ª Delegacia de Polícia Civil Noroeste, pertencente ao 1º Departamento de Polícia Civil em BH, e contou com a participação de policiais civis da Delegacia Regional Noroeste, da Patrulha Unificada Metropolitana de Apoio (Puma), e das guardas municipais de Belo Horizonte, Contagem e Santa Luzia, além de técnicos de uma empresa de telefonia.

Operação em Betim prende o 'rei do cobre'

Também nesta semana, uma outra operação com o mesmo objetivo foi realizada em Betim, na Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH). Segundo a Polícia Civil, na terça-feira (30/11) o dono de um ferro velho, no bairro São Luiz, foi preso e acusado de comprar fios de cobre furtados em vias e instituições da cidade. Nas redes sociais, o homem ostentava dinheiro, luxo e até se intitulava “rei do cobre”. 


 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade